A noite foi de festa na Arena da Baixada, com gritos de “é campeão” no reencontro com a torcida é até aplausos para o presidente do Conselho Deliberativo, Mário Celso Petraglia. Dentro de campo, o Athletico levou um susto, mas goleou de virada o Fortaleza por 4 a 1 e foi aplaudido mais uma vez pelos torcedores.

Com a vitória, o Athletico permanece em 9º, agora com 30 pontos – o Furacão já está garantido na Libertadores de 2020.

Assista os melhores momentos da goleada

LEGAL NÉ, DE UMA AJUDA PRA GENTE CONTINUAR FAZENDO ESSE CONTEÚDO LEGAL




Mesmo só com um titular, Athletico-PR não toma conhecimento e goleia CSA fora de casa
Rubro-Negro joga apenas com Wellington por causa da partida pela Libertadores e mostra um futebol mais impositivo do que os donos da casa; dos quatro gols, três saíram em cruzamentos

CSA um time ruim do cacete teve pouco efetivo com a bola no pé e o Athletico muito melhor nas bolas aéreas. Essa foi a dinâmica do jogo que terminou com uma goleada furacão, mesmo com o time de jogadores reservas. O saco de pancada da série B nem conseguiu ameaçar o Furacão, goleiro Caio foi pouco exigido. No mais, resultado mais do que justo em Maceió.

Assista os melhores momentos e os gols dessa goleada do CAP sobre o CSA

O jogão entre Athletico e Boca Juniors teve nome e sobrenome: Marco Ruben. O camisa 9 do Furacão marcou os três gols e garantiu a vitória de 3 a 0 do Furacão na Arena da Baixada, pela terceira rodada do grupo G da Libertadores. O argentino abriu o placar aos 35 do primeiro tempo, aproveitando jogada de Rony. Na etapa final, ele ampliou aos 23, completando toque de Bruno Guimarães, e fechou a conta aos 35, pegando rebote de bola na trave de Rony. Noite mágica para colocar o Furacão na liderança do grupo G.

Comandado por Bergson, o Athletico venceu o Maringá por 4 a 0 na tarde deste domingo, no Estádio Willie Davids, pela segunda rodada da Taça Dirceu Krüger – o segundo turno do Campeonato Paranaense. O lateral-esquerdo Prego (contra), o atacante Bergson (duas vezes) e o meia Matheus Anjos marcaram os gols. Com isso, o time de Rafael Guanaes chegou aos 100% e manteve a liderança.

Dois jogos e nada menos do que 12 gols. O dobro do que o Athletico fez nos seis jogos da primeira fase do Campeonato Paranaense. O Athletico realmente está vivendo um novo momento no Estadual. O atacante Bergson, que nos últimos dias teve o interesse do Avaí noticiado na imprensa catarinense, foi o cara do jogo. Marcou mais duas vezes, participou de outros dois e comemorou a volta da boa fase com a camisa do Furacão neste começo de segundo turno.

Bastou um jogo para que o Athletico mudasse completamente sua condição dentro do campeonato Paranaense. Mas não foi um jogo comum, o Furacão massacrou por 8 a 2 o campeão do primeiro turno, o Toledo, na primeira rodada da Taça Dirceu Krüger, neste sábado, na Arena da Baixada.

Veja os Gols da Goleada do Furacão para cima do Toledo.