O Atlético-PR chega ao título da Copa Sul-Americana não só como um time que “encaixou” e foi até uma final, mas como um projeto de um clube que vem se fortalecendo ano a ano e colhe seu primeiro resultado palpável.

Com uma estrutura invejável de treinamento e um estádio único em todo o país, o Atlético-PR também passou a se aprimorar na preparação de seu elenco, testando suas jovens promessas no Estadual e deixando o time principal treinar para os campeonatos nacionais e continentais.

O projeto se mostrou viável e vencedor quando as duas pontas se encontraram. O Furacão decolou apenas no segundo semestre com a chegada de Tiago Nunes – campeão paranaense com os aspirantes – e a promoção de garotos que o treinador conhecia bem. Essa mescla deu ao time um futebol ágil, inteligente e seguro.

Furacão Ads

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>