O Athletico perdeu uma ótima chance de subir ainda mais na classificação do Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando melhor e em uma jornada em que desperdiçou muitos gols, o Furacão não saiu de um empate em 1×1 diante da lanterna Chapecoense, na noite deste domingo (29), na Arena da Baixada. Com o resultado, chegou aos 31 pontos e se manteve na nona posição na classificação.

Um massacre. O Athletico-PR pressionou, carimbou o travessão, mas só conseguiu marcar um gol no empate em 1 a 1 com a Chapecoense. Ao todo, foram 28 finalizações do Furacão, com 12 chances reais de gol, contra apenas uma da Chape em oito finalizações.

Apesar desse grande volume, o time de Santa Catarina abriu o placar com Arthur Gomes ainda no primeiro tempo e Nikão deixou tudo igual em um gol de falta.

O Athletico encerrou um longo e incômodo jejum no empate contra a Chapecoense, em 1 a 1, neste domingo, na Arena da Baixada. O time principal do Furacão não fazia um gol de falta há um ano e quatro meses.A última vez que a equipe principal havia feito um gol de bola parada direta, em jogos oficiais, foi no duelo com o Cruzeiro, em maio de 2018, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O lateral-esquerdo Carleto soltou a bomba e marcou o gol de falta.

ASSISTA OS MELHORES MOMENTOS DO JOGO



Dirigente athleticano foi internado no último 17 de setembro, véspera da final da Copa do Brasil

De acordo com o mais recente boletim médico do Hospital Nossa Senhora das Graças, o presidente do Conselho Deliberativo do Athletico, Mario Celso Petraglia, foi transferido com urgência para São Paulo na manhã desta sexta-feira (27), após apresentar uma fístula intestinal pós-operatória. O objetivo do deslocamento do cartola, que aconteceu por volta das 7h da manhã, é continuar o tratamento após um procedimento de “desobstrução de aderências” da parede intestinal, afirma o hospital.

Petraglia está internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, mesmo estabelecimento em que o presidente Jair Bolsonaro ficou recentemente após uma cirurgia na região do abdômen. O médico também é o mesmo do presidente da República: Dr. Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo.

O dirigente foi submetido ao processo na terça-feira (17), véspera da decisão da Copa do Brasil. A segunda intervenção cirúrgica aconteceu no sábado (21), após um exame constatar “aderência/’dobra’ de alça intestinal”, em termos médicos. Ontem, cinco dias após a segunda cirurgia, Petraglia apresentou uma complicação pós-operatória e precisou ser transferido.

Ainda de acordo com o boletim médico, depois da segunda cirurgia (realizada no dia 21), na tarde desta quinta-feira (26), Petraglia apresentou uma “complicação pós-operatória compatível com uma fístula intestinal” – são feridas na região do intestino.

Fica registrado nossas orações e melhoras para o MCP



A noite foi de festa na Arena da Baixada, com gritos de “é campeão” no reencontro com a torcida é até aplausos para o presidente do Conselho Deliberativo, Mário Celso Petraglia. Dentro de campo, o Athletico levou um susto, mas goleou de virada o Fortaleza por 4 a 1 e foi aplaudido mais uma vez pelos torcedores.

Com a vitória, o Athletico permanece em 9º, agora com 30 pontos – o Furacão já está garantido na Libertadores de 2020.

Assista os melhores momentos da goleada




Furacão entra em campo contra o Fortaleza pelo Brasileirão nesta quinta-feira. Arena deve ter clima de festa depois de oito dias da conquista nacional
Pouco mais de uma semana após conquistar a Copa do Brasil, o Athletico entra em campo nesta quinta-feira, às 21h30, na Arena da Baixada, para enfrentar o Fortaleza pelo Brasileirão. Esse será o reencontro do time campeão com o torcedor em um jogo oficial.

Com a vaga na Libertadores de 2020 garantida, o Athletico garante que vai manter a seriedade no Campeonato Brasileiro. O técnico Tiago Nunes pretende usar força máxima em todos os jogos e mira até mesmo fechar a competição dentro do G-6.

COMO VEM O FURACÃO
O Athletico tem três retornos para a partida. O lateral-esquerdo Márcio Azevedo, o meia-atacante Nikão e o atacante Marcelo Cirino, poupados na rodada passada, voltam a ficar à disposição. A tendência é apenas que Cirino fique no banco. Assim, Abner Vinicius e Braian Romero saem do time. Na zaga, Pedro Henrique foi vetado por uma lesão muscular, e Lucas Halter o substitui. Na lateral, Tiago nunes deve manter Madson.

COMO VEM O FORTALEZA
O treinador terá de promover mudanças em praticamente todos os setores. Felipe, André Luís e Felipe Alves estão suspensos. O goleiro tricolor, que foi titular em praticamente todos os jogos, também está lesionado. Marcelo Boeck assume a titularidade. O Fortaleza, mesmo jogando fora de casa, deve ir com uma formação ofensiva, que é própria do time tricolor, com quatro atacantes e dois volantes para a transição. Com André Luís suspenso e com a volta de Wellington Paulista e Felipe Pires, o quarteto ofensivo deve ser composto ainda por Osvaldo e por Edinho.

ONDE ASSISTIR O JOGO
O jogo terá transmissão do canal TNT (TV fechada, menos para região de PR) e pelo aplicativo EI Plus (TV fechada).

ARBITRAGEM
Vinicius Gomes do Amaral apita o jogo. Ele será auxiliado por Lucio Beiersdorf Flor e José Eduardo Calza. O trio é do Rio Grande do Sul. Leonardo Sígari Zanon (PR) será o quarto árbitro. Jean Pierre Goncalves Lima será o árbitro de vídeo, com Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza e Alex Ang Ribeiro de assistentes.



Somente em 2019, o Athletico já faturou R$ 91,2 milhões referentes a premiações e cotas de transmissão. E deve embolsar mais. Com a Copa do Brasil, foram R$ 64,35 milhões ao total, enquanto as cifras por chegar às oitavas de final da Libertadores foram de R$ 16 milhões. Por vencer a J.League YBC Levain Cup, o clube levou R$ 3,6 milhões e a Recopa Sul-Americana pagou R$ 1,4 milhão pelo vice-campeonato do Rubro-Negro. A Turner – detentora dos direitos de exibição – repassou R$ 5,83 milhões ao Furacão.

Com somente o Brasileirão pela frente, o Athletico também vai se dedicar a faturar com a disputa. O time segue na busca por colocações melhores e pode levar até R$ 33 milhões (prêmio máximo dado ao campeão). A premiação conta com uma porcentagem referente às transmissões da Rede Globo, algo que o Rubro-Negro não tem. Portanto, haverá um desconto desse total informado. Longe do título, ainda assim, o lucro poderá ser expressivo. O nono lugar garantiria R$ 19,2 milhões, enquanto um sétimo, por exemplo, renderia R$ 23,1 milhões.

Tudo isso sem contar os ganhos com a venda do lateral-esquerdo Renan Lodi ao Atlético de Madrid, uma negociação que girou em torno de 20 milhões de euros. O consultor do Itaú BBA, César Grafietti, falou sobre os ótimos rendimentos do clube em 2019 e como isso pode impactar na marca do Furacão. “O Athletico poderá fechar seu ano com R$ 300 milhões de faturamento e isso faz com que uma série de fatores sejam agregados, como mais marketing em torno da marca, mais audiência e mais consumo”.

A empolgação com a atual temporada vitoriosa do time traz reflexos também nas vendas diretas do time, o que gera mais receitas. Os consumidores da marca compram mais materiais oficiais e podem marcar mais presença no estádio, seja como sócio ou mesmo comprando mais ingressos avulsos. “É o momento ideal para o clube oferecer ao torcedor o sentimento de pertencimento ao time e fideliza-lo como consumidor”, arrematou o consultor.

Fonte: Tribuna PR



Fala Parça!

Mitou na primeira rodada do returno?

Como não mitar em uma rodada como essa né?! 😁🙌🏻

Para essa rodada #21 não tem como ser diferente tendo o Grêmio, Palmeiras e Flamengo como favoritos.

Pensando nisso, bora pra uma dica do cartola.

Novamente entre os mais escalados temos Gabigol e Éverton Cebolinha.

Bora ver o que da nesta rodada.

Não esqueça de escalar o seu time, o mercado fecha às 17:30h (de Brasília) desta quarta-feira (25/09).

Zagueiros

David Braz (Grêmio) – C$ 8,32

O zagueiro tem feito boa atuação e considerando os números com 1 gol, 10 roubadas de bola e em 3 dos 9 jogos que atuou somou SG.

Gustavo Gomez (Palmeiras) – C$ 12,40

Mais um zagueiro com gol feito, Gustavo Gomez aparece como boa opção de defesa contra o CSA.

Laterais

Reinaldo (São Paulo) – C$ 14,72

Lateral com mais gols no Brasileiro: já são 4. Soma 32 roubadas de bola. Além dos gols, já finalizou outras 20 vezes no Brasileiro.

Diogo Barbosa (Palmeiras) – C$ 14,20

Soma 37 roubadas de bola e somou SG em 5 jogos que atuou.

Meias

Alisson (Grêmio) – C$ 8,08

Alisson já marcou 2 vezes e deu 5 assistências. Vem com média de 5,76 pontos. Pode ganhar ponto também com faltas sofridas: já são 18.

Arrascaeta (Flamengo) – C$ 18,05

Um dos mais escalados, o uruguaio é uma das boas opções para esta rodada considerando o favoritismo do Flamengo.

Atacantes

Dudu (Palmeiras) – C$ 18,02

Dudu aparece como uma boa opção para esta rodada, visto que o Palmeiras encara o CSA que como visitante não tem feito boa atuação.

Gabigol (Flamengo) – C$ 21,50

Um dos mais escalados para esta rodada e marcando gol em toda a partida, ele é sem duvidas uma grande opção para agregar em uma boa pontuação.

A rodada #21 começa quarta-feira às 19:30h com a partida entre Ceará e Cruzeiro no Castelão.



No capítulo de hoje vamos aprender a fazer o melhor para seu currículo e assim diminuir a concorrência e continuar no alto nível. Vamos falar só dos últimos 10 meses (dezembro 2018 / setembro 2019), primeiramente ganhe o reconhecimento internacional com o titulo de uma SUDAMERICANA,
ganhe o estadual com um time sub 23, dispute uma Recopa, ganhe uma J.League YBC Levain Cup/CONMEBOL Sudamericana, para finalizar ganhe uma Copa do Brasil.

Currículo atualizado vamos aos fatos e resultados das conquistas:

Premiações altíssimas.
Maiores lucros com patrocinadores.
Maiores rendas.
Maior público.
Número de sócios aumentado.
Aumento do número de jogos em casa.
Aumento de vendas de copos festivos, alimento, cerveja e refrigerante durante os jogos.
Reconhecimento Nacional e Internacional.
Jogadores convocados para as Seleções (principal e olímpica).
Novos patrocinadores.
Aumento de venda de camisas( inclusive durante o jogo e após, pois existe uma máquina de venda instantânea no estádio) e artigos do clube.
Valorização de seus atletas, e patrimônio.
Aumento do número de troféus em sua galeria.
Exposição diária na mídia, em redes de televisão,rádios e redes sociais.
Aumento do numero de fãs.
Aumento do número de torcedores jovens. (Quem não quer torcer para um campeão).
Aumento de emprego e renda para trabalhadores informais em torno da arena.
Aumento nas vendas de fogos de artificio.
Alegria de seus torcedores.
Inveja,tristeza e abdução dos adversários.
Raiva e desespero da CBF.
Tirar pena de Urubu.
Matar o Imortal.
Dar rasteira em Saci.
Dar risada da CBF.
Desfilar em caminhão de Bombeiro tomando Kaiser.

Só quem é CAMPEÃO pode, em minha opinião.



Em clima de ressaca após a inédita conquista da Copa do Brasil na última quarta-feira (18), o Athletico Paranaense foi até o Rio de Janeiro enfrentar o Vasco da Gama no Estádio de São Januário em jogo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2019. O empate pelo placar de 1×1, gols de Madson e Danilo Barcelos, deixou o Furacão na 9ª nona posição da tabela de classificação com 27 pontos ganhos.

Verdade seja dita, a partida rendeu muitas possíveis pautas. Seria possível tratar – mais uma vez – da desastrosa arbitragem do gaúcho Anderson Daronco, das declarações absolutamente desconectadas da realidade dadas pelo treinador cruz-maltino na coletiva pós-partida ou até mesmo falar sobre as substituições realizadas pelo técnico  Tiago Nunes que permitiram que a equipe carioca crescesse na etapa complementar a ponto de conquistar o empate, ainda que para isso tenha sido necessária e decisiva a absurda participação da arbitragem.

Entretanto, o que mais chamou a atenção foi a permanência em campo durante todo o tempo do atacante argentino Braian Romero.

Romero, de 28 anos, foi contratado por empréstimo junto ao Independiente pela soma aproximada de 550.000,00 em Fevereiro deste ano e tem contrato com o rubro-negro paranaense até 31 de Dezembro de 2019. Ao final do período, o Athletico poderia comprar os direitos do jogador pela quantia de 2,5 milhões de Dólares.

Desde que chegou ao Furacão, Romero vem se destacando por sua versatilidade – o argentino já foi escalado em ambos os lados do ataque, como segundo atacante e até como centroavante – e por sua regularidade – tem sido absolutamente bisonho em todas essas posições. Entretanto, ontem foi um dos 8 escolhidos por Tiago Nunes para iniciar e terminar em campo o confronto contra o Vasco.

Romero não possui qualquer qualidade que justifique tamanha benevolência por parte da comissão técnica. Ou se as possui, ainda não as demonstrou no campo de jogo. Mostra dificuldades para dominar a bola, erra passes que seriam simples para a maioria de seus companheiros, pouco aparece na área adversária e costuma finalizar mal nessas poucas ocasiões. O pouco que acrescenta se limita à sua correria em campo, o que é muito pouco para quem quer jogar em um clube com um protejo desportivo vencedor. Se sabe apenas correr, talvez o argentino devesse praticar atletismo em vez de jogar futebol.

Aos torcedores rubro-negros resta torcer para que essa seja a última das tantas oportunidades que Braian Romero recebeu sem corresponder. Existem no elenco jovens jogadores que já demonstraram ter qualidades e merecer parte das oportunidades concedidas ao atacante argentino.

Que Dezembro chegue logo trazendo consigo o final do contrato do jogador e que o argentino só volte a pisar no gramado da Arena da Baixada na condição de jogador do time visitante, os zagueiros rubro-negros agradecem.